Barretos

Em meio à mais grave crise mundial de saúde e com cerca de R$ 2,4 milhões a menos no orçamento, a Santa Casa de Barretos corre o risco de fechar 50 leitos de UTI e de enfermaria promovendo um desfalque no atendimento a pacientes de 18 municípios da região, aproximadamente 560 mil habitantes.

Tudo isso porque João Doria anunciou um corte de 12% dos recursos dos Programas Pró-Santas Casas e Santas Casas SUStentáveis. Essas verbas são destinadas ao custeio das santas casas e hospitais filantrópicos em todo o Estado de São Paulo. Com a decisão, as 180 entidades que realizam a maior parte do atendimento estadual terão corte de R$ 80 milhões no ano.

Durante essa pandemia, nosso mandato vem empreendendo todos os esforços para destinar recursos financeiros, por meio de emendas parlamentares, e solicitar habilitação de leitos às unidades de saúde já tão prejudicadas pelo descaso do poder público.

Encaminhamos ao governo requerimento de informações sobre a nefasta medida e pedido de providências para suprir a demanda.

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Twitter Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Youtube Preto